ItalianoEnglishБългарскиPolskiPortuguêsEspañol

Dicse: Cidades Digitais para uma Europa Inteligente

O DICSE tem como objetivo a criação de um modelo de " Cidade Digital " através do qual, serviços de base digital, são promovidos e dirigidos a cidadãos e cidadãs.

go_digital_500Na Europa, a introdução de novas formas de participação dos cidadãos é reconhecida como um importante elemento do processo de modernização das instituições democráticas e da inclusão social. As TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) estão a mudar a relação entre o Governo local e os cidadãos, incentivando a sua participação ativa na gestão dos assuntos públicos através da formulação de propostas sobre as necessidades da Comunidade, bem como a avaliação dos serviços locais. O papel do cidadão já não é apenas o de mero consumidor de serviços. Ele assume-se como uma parte ativa no processo de inovação, contribuindo, assim, para a mudança e melhoria de vida dos locais onde vivem. Através deste envolvimento, a nível local e Europeu, serão capazes de participar ativamente na identificação e implementação dos serviços que efetivamente lhes sejam úteis. Neste sentido, o objetivo do projeto DICSE é criar um modelo de “Cidade Digital”, através do qual um conjunto de serviços digitais relevantes são dirigidos aos cidadãos. A cooperação entre os municípios da rede e o intercâmbio de boas práticas entre diferentes países e culturas será então essencial para criar um modelo de “Smart City” e garantir um desenvolvimento digital, em consonância com as necessidades e exigências do público-alvo, os cidadãos. O projeto DICSE envolve 5 municípios e 5 organizações sem fins lucrativos da sociedade civil, de cinco países Europeus. Espera-se um envolvimento de 3,000 pessoas, das quais 330 estarão diretamente envolvidos nas atividades do projeto, enquanto muitas outras (600 pessoas) serão envolvidas através de entrevistas, eventos locais e transnacionais e as restantes através da participação num estudo a realizar online. Nos quatro "Conferência Europeia" (CE), os municípios e os seus cidadãos, vão debater sobre as questões do Digital: e-democracia; literacia informática e exclusão digital; e partecipation; comunicação pública e mídias sociais. Em Reggio Calabria, vai sediar a final da Conferência Europeia, para a apresentação dos resultados e da assinatura de um Memorando de Entendimento ("Memorando de Entendimento") entre a rede da cidade, com os compromissos ao longo da duração do projecto.

Os parceiros do projecto

EUROPA DOS CIDADÃOS 2014

Objectivos da ação e do Programa Europa dos cidadãos 2014: - Contribuir para o conhecimento da União, sua história e diversidade; - Promover a cidadania europeia e melhorar as condições de participação cívica e democrática ao nível da União.

OBJETIVOS DO PROJETO

Objetivos específicos do projeto: -incentivar a participação democrática e cívica de cidadãos e cidadãs, através do desenvolvimento da compreensão sobre o processo de decisão política da UE e promovendo oportunidades de envolvimento social, intercultural e de voluntariado a nível Europeu.

TEMÁTICA

O projeto visa promover a cidadania europeia e melhorar as condições de participação cívica e democrática a nível da UE. Os tópicos abordados pelo projeto serão do interesse público e serão enquadrados numa perspectiva europeia. Ao mesmo tempo, durante a evolução do projeto, serão analisados aspetos relativos à participação democrática e o envolvimento dos cidadãos no delineamento de politicas comunitárias. DICSE pretende desenvolver uma forte, dinâmica e duradoura rede de Cidades e Vilas, unidas pela sua diversidade, num desafio comum, orientado para a definição de um modelo de “Cidade Digital” e respeitando a Agenda Digital Europeia através do diálogo e da participação pública e cidadã.

SOCIEDADE CIVIL

Através do envolvimento de organizações da sociedade civil deverá: - Facilitar a troca de pontos de vista entre cidadãos e os decisores políticos locais, aumentando a coesão social; - Participar de decisões públicas para o desenho de serviços locais, orientados para as reais necessidades dos cidadãos; - Promover a discussão conjunta com as autoridades locais, sobre o impacto das políticas da UE no contexto local.

ENVOLVIMENTO PÚBLICO

Como mecanismo de estimulo e abertura à participação de uma comunidade mais alargada de participantes (3000 pessoas) o Projeto DICSE disponibiliza: Questionários online versão em: Inglês - Espanhol - Italiano - Búlgaro - Polaco - Português - uma página WEB, uma página de Facebook , Twitter e uma aplicação móvel: DICSE.

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

As Ferramentas TIC, desenvolvidas e utilizadas no projeto, representam conjuntamente uma plataforma tecnológica aberta, onde, participantes de diferentes horizontes e contextos, agirão unidos, partilhando informações e discutindo opiniões, individuais e coletivas, processadas na forma de recomendações para políticas futuras da UE.

 

DIA ABERTO E CONFERÊNCIAS INTERNACIONAIS

4 eventos locais (dia aberto) e 5 Conferências Europeias (uma em cada região parceira)

DIA ABERTO

Serão realizados 4 eventos locais, a terem lugar em cada País parceiro, com a duração de 1 dia cada. Nestes eventos será aplicada a metodologia de trabalho ”Open Space Technology” (OST) com a qual se promoverá o envolvimento dos cidadãos com decisores locais, numa discussão e reflexão conjunta, sobre questões que respeitem a vida local. Questões comuns serão tratadas e discutidas durante os eventos, procurando orientar os resultados para os assuntos claramente mais relevantes para a comunidade. A Administração local, apoiada pelas Organizações Não Governamentais parceiras, será responsável pela organização destes eventos locais, assegurando a presença de decisores públicos e cidadãos. Um dos valores acrescentados do DICSE é precisamente a criação de um ponto de encontro e o geração de laços de cooperação entre cidadãos e cidadãs e as autoridades locais, fortalecendo a dimensão democrática. O 1º Dia Aberto foi entretanto já realizado na Corunha, Espanha (15-04-2015)

CONFERÊNCIAS EUROPEIAS

As Conferências Europeias, com a duração de 3 dias, serão realizadas em cada uma das regiões parceiras, sendo a última realizada em Itália. Em cada um dos eventos, cidadãos e representantes das autoridades locais tratarão conjuntamente as questões definidas pela Agenda Digital Europeia: e-Democracia, literacia digital e “fosso” digital, e-participação, comunicação pública e social. A 1ª Conferência Europeia foi entretanto já realizada em Espanha (A Corunha) entre 8 e 11 de junho de 2015.

COMITÉ DE GESTÃO

O Comité de Gestão é criado com vista a avaliar internamente, passo a passo, o progresso do projeto. Através dele os parceiros mantêm um nível de comunicação fluido, um intercâmbio de informações e de apoio ao desenvolvimento do projeto. As Conferências Europeias serão os momentos presenciais para o encontro entre parceiros, sendo que continuamente se manterá a comunicação e a interação através da internet, o email, videoconferência, e de uma plataforma colaborativa específica.

Calendário de eventos